Brasil 24/7

Clique para compartilhar o link do texto original


"Desde a tentativa de golpe contra Hugo Chavez em 2002, os golpes não foram mais admitidos na região (com a exceção do Brasil). Derrotada nas urnas e sentindo-se sem condições de concorrer a novas eleições contra Evo, a direita fez o que sabe fazer: deu um golpe", diz o sociólogo Emir Sader sobre o retrocesso democrático no país andino

[...]

Leia o texto completo em Brasil 24/7