Brasil 24/7

Clique para compartilhar o link do texto original


Cidadãos estadunidenses que trabalham para petroleiras internacionais no Iraque estão deixando o país depois que Donald Trump ordenou o assassinato de um general iraniano que era admirado pela população iraquiana por ter sido o principal combatente contra o Estado Islâmico

[...]

Leia o texto completo em Brasil 24/7