Carta Capital

Clique para compartilhar o link do texto original

O juiz federal titular da 12ª Vara de Execuções Penais, Danilo Pereira Júnior, acatou o pedido da defesa e libertou, nesta sexta-feira 8, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. O petista, que ficou 580 dias presos em Curitiba pela Operação Lava Jato, aguardará a conclusão do seu processo em liberdade.

O pedido da defesa foi baseado na decisão do STF desta quinta-feira 7, que por maioria proibiu a prisão após o julgamento de segunda instância. Lula estava preso desde abril de 2018, após ser condenado a 12 anos e 8 meses pelo TRF-4 no processo do tríplex do Guarujá (SP).

 

[...]

Em julho de 2017, Lula havia sido condenado pelo então juiz da Lava Jato na primeira instância, Sérgio Moro, que atualmente é o ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro.

Os advogados do ex-presidente sempre negaram as acusações, sustentando que o julgamento foi político para proibir que Lula concorresse nas eleições de 2018, a qual ele estava em primeiro lugar nas pesquisas.

O petista seguirá para o encontro com militantes no acampamento em frente à Superintendência da Policia Federal de Curitiba e depois parte para São Bernardo do Campo, em São Paulo.

 

The post #LulaLivre: após 580 dias, ex-presidente é libertado appeared first on CartaCapital.

Leia o texto completo em Carta Capital