O Cafezinho

Clique para compartilhar o link do texto original

A nova sondagem do Paraná Pesquisas, encomendada pelo jornal Gazeta do Povo, traz alguns dados interessantes para se avaliar a conjuntura.

A pergunta feita foi: quem será o principal adversário do presidente Bolsonaro em 2022?

Os dois nomes mais pontuados foram Lula (32%) e Ciro Gomes (16%).

Em seguida, vieram João Dória (12%) e Luciano Huck (8%).

O governador do Rio, Wilson Witzel, já aparece no cenário, com 3%.

***

Na Gazeta do Povo

Lula, Huck, Witzel: quem o brasileiro vê como maior adversário político de Bolsonaro

[26/12/2019] [17:14]

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é considerado por 32% dos brasileiros como o principal adversário político do presidente Jair Bolsonaro até as eleições de 2022.

Outros 15,6% apontam Ciro Gomes (PDT) como o maior contraponto ao presidente até o próximo pleito.

[...]

Os dados são de uma pesquisa encomendada pela Gazeta do Povo ao Instituto Paraná Pesquisas. O levantamento tem 95% de confiança e 2% de margem de erro para os resultados gerais.

Além de Lula e Ciro Gomes, a pergunta também incluía outros nomes da política, como João Doria (11,7%); Wilson Witzel (3%) e Rodrigo Maia (1,9%). O apresentador Luciano Huck aparece com 8,3%.

Quando considerado o gênero dos entrevistados, Ciro Gomes (16,1%) e João Doria (12,2%) são mais apontados pelos homens. Já Luciano Huck (8,6%); Wilson Witzel (3,3%); e Rodrigo Maia (2,2%) aparecem mais entre as mulheres. Lula tem o mesmo percentual de resposta entre os dois gêneros.

No que diz respeito à escolaridade, Ciro Gomes aparece mais entre os eleitores que têm Ensino Superior (18,6%), enquanto Luciano Huck (9%) e João Doria (13%) crescem entre os brasileiros com Ensino Médio. Mais uma vez, Lula permanece estável, sendo apontado por mais de 30% dos brasileiros independentemente do nível de escolaridade.

Já quando considerada a região em que moram os entrevistados, o ex-presidente é mais citado no Nordeste (40,6%) e menos mencionado no Sul (25,5%). Ciro Gomes também teve percentual maior no Nordeste (17,1%), mas foi menos citado no Sudeste (13,9%). Já João Doria, apesar de ser governador de São Paulo, aparece com maior percentual no Sul (15,2%) do que no Sudeste (13,7%).

No caso dos dados por região, a margem de erro varia: 3% para o Sudeste; 4% para o Nordeste; e 5,5% para Norte, Centro-Oeste e Sul.

Metodologia da pesquisa

A pesquisa ouviu 2.222 cidadãos com 16 anos ou mais, por meio de entrevistas telefônicas. O levantamento foi realizado em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, totalizando 166 municípios, entre os dias 14 e 18 de dezembro. O nível de confiança dos dados gerais da pesquisa é de 95%, com margem de erro de 2%.”

O post Paraná Pesquisas: quem são os principais adversários de Bolsonaro? apareceu primeiro em O Cafezinho.

Leia o texto completo em O Cafezinho