Opera Mundi

Clique para compartilhar o link do texto original

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou na noite desta quinta (19/12) a lei de emergência econômica proposta pelo presidente Alberto Fernández, no que se transformou na primeira vitória legislativa do novo governo do país.O texto foi aprovado com 134 votos a favor e 110 contra, após 15 horas e meia de debates. Ele segue, agora, para o Senado, onde deve ser votado ainda nesta tarde.Se aprovada, o governo poderá executar, durante um ano, medidas impositivas, financeiras, administrativas, sociais, sanitárias e relativas à previdência sem precisar de uma lei no Congresso.Entre as ações previstas na lei, estão o congelamento de tarifas públicas até junho, um imposto de 30% sobre compras no exterior e uma moratória para as pequenas e médias empresas em relação aos tributos públicos.FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI

[...]

Leia o texto completo em Opera Mundi