Opera Mundi

Clique para compartilhar o link do texto original

A presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, recebeu neste sábado (02/11) mais de 2 milhões de assinaturas de cubanos a favor da liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A entrega foi feita durante o Encontro Anti-imperialista de Solidariedade, pela Democracia e contra o Neoliberalismo, que acontece em Havana até este domingo (03/11).Hoffmann disse considerar “muito significativo” que as assinaturas tenham sido recolhidas em apenas 14 dias, em apoio à campanha internacional pela anulação dos julgamentos do ex-presidente brasileiro.A líder petista aproveitou a oportunidade para criticar o presidente Jair Bolsonaro. “Está vendendo o Brasil, cortando os direitos do povo e tem como política de expressão o autoritarismo”, disse.FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDIEncontroMais de mil representantes de partidos políticos e movimentos populares de cerca de 80 países estão reunidos na capital cubana para participar do encontro, evento que se propõe a debater os desafios da esquerda da América Latina contra os ataques do imperialismo e do sistema neoliberal na região.Gleisi Hoffmann recebeu assinaturas em Havana pela liberdade de Lula

[...]

Leia o texto completo em Opera Mundi