Opera Mundi

Clique para compartilhar o link do texto original

A greve geral convocada em protesto contra as condenações dos líderes independentistas da Catalunha mobiliza nesta sexta-feira (18/10) milhares de pessoas. Desde as primeiras horas da manhã, piquetes fecharam dezenas de vias, em Barcelona e em toda a região, ao mesmo tempo em que uma multidão começa a avançar até a capital catalã.A adesão à greve, no entanto, é desigual nos setores públicos e privados da região semiautônoma. A paralisação foi convocada por três sindicatos e recebeu o apoio de 30% dos funcionários, segundo dados do Departamento de Trabalho e Assuntos Sociais da Generalitat (o governo da Catalunha). Um dos setores com maior adesão à greve foi o da educação, com 43% dos professores da rede pública (35% do total) em greve. Nas universidades, a atividade tem sido residual, com a maioria dos campi fechados pelos protestos ou por prevenção.Ao menos 55 voos do aeroporto El Prat, em Barcelona, também foram cancelados por conta da greve.FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDIUma das imagens mais marcantes da jornada desta sexta é a de milhares de pessoas que começaram a chegar a Barcelona depois de três dias nas chamadas Marchas pela Liberdade. A 100 km da capital catalã, no centro da cidade de Girona, por exemplo, cerca de 13 mil estudantes se manifestavam pelo segundo dia consecutivo contra a sentença que condenou à prisão 12 líderes independentistas.

[...]

Leia o texto completo em Opera Mundi