Opera Mundi

Clique para compartilhar o link do texto original

A ministra da Saúde da Bolívia, Gabriela Montãno, disse no Twitter na noite deste domingo (10/11) que a polícia pretende prender o agora ex-presidente do país, Evo Morales, que renunciou no começo da noite após um golpe militar."Polícia boliviana, de maneira ilegal, pretende deter Evo Morales. Denunciamos ao mundo esta loucura", escreveu.A afirmação de Montaño veio após a ex-presidente do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) do país, María Eugénia Choque, e o vice, Antonio Costas, terem sido detidos após ordens do Ministério Público, por supostos delitos eleitorais durante o pleito do último dia 20 de outubro.Policía Boliviana de manera ilegal pretende detener a @evoespueblo. Denunciamos al mundo esta locura.— gabriela montaño v. (@GabrielaSCZ) November 10, 2019FORTALEÇA O JORNALISMO INDEPENDENTE: ASSINE OPERA MUNDI

[...]

Leia o texto completo em Opera Mundi