Revista Fórum

Clique para compartilhar o link do texto original

Daniel Campelo é comentarista de futebol da rádio Jovem Pan em Fortaleza e notadamente machista. Para ele, mulher não pode participar de partidas de futebol e deve permanecer em casa cuidando do marido e dos filhos. Esse pensamento retrógrado foi falado ao vivo no microfone da emissora durante a partida entre Ceará e Avaí, pelo campeonato brasileiro, no último domingo (13).

No trio de arbitragem escalado para comandar o jogo estava a auxiliar Andrea Maffra. O narrador exaltou a presença das mulheres no futebol e quis saber a opinião do comentarista, que desferiu todo o seu desrespeito. “Não acho uma boa não. Acho que mulher deve tomar conta da casa, do marido e dos filhos”.

Na segunda-feira (14), Campelo teve a chance de se redimir do seu comentário, que rapidamente tomou conta das redes sociais e foi duramente criticado. O comunicador não se mostrou nem um pouco arrependido e fez mais comentários jocosos em relação as mulheres. “Eu não disse brincando não. E repito aqui. Quem não gostar, tire a calcinha e pise em cima”.

[...]

Diante da repercussão negativa do caso, a rádio Jovem Pan de Fortaleza soltou uma nota nas redes sociais se desculpando com os ouvintes, mas em nenhum momento cita se irá haver algum tipo de punição a Daniel Campelo. Veja a nota abaixo.

Leia o texto completo em Revista Fórum