Revista Fórum

Clique para compartilhar o link do texto original

O Flamengo desmentiu Jair Bolsonaro, que declarou nesta quarta-feira (23), durante evento na China, que havia sido convidado por dirigentes do clube carioca para assistir à final da Libertadores, contra o River Plate, da Argentina, dia 23 de novembro, no Chile.

Segundo informações do jornalista Mauro Cezar Pereira, da ESPN-Brasil e colunista do UOL, o Flamengo não fez o convite e também não planeja fazê-lo.

A assessoria do clube ainda negou ter fornecido o agasalho que Bolsonaro presenteou o presidente chinês, Xi Jinping.

[...]

“Ele (presidente chinês) é um esportista. Gosta de futebol, falou uma meia dúzia de nomes de jogadores brasileiros”, declarou Bolsonaro, se referindo ao líder chinês. O agasalho do clube do Rio foi assinado pelo presidente brasileiro.

A pedidos

No dia em que divulgou o suposto convite, agora desmentido pelo Flamengo, Bolsonaro disse: “Estou estudando a possibilidade, a pedido da grande maioria de flamenguistas do meu ministério, do meu gabinete, de comparecer à final. Tenho certeza que, nesse dia, todos seremos Flamengo, porque o Brasil está em nosso coração”.

Leia o texto completo em Revista Fórum