Revista Fórum

Clique para compartilhar o link do texto original

Um aposentado de 67 anos foi expulso da arquibancada Allianz Parque, em São Paulo, no último domingo (1), por fazer um protesto pacífico e silencioso durante a partida entre Palmeiras e Flamengo válida pelo Campeonato Brasileiro.

Identificado como Edilson, o senhor, trajado ao estilo militar de gala, passou os primeiros 45 minutos da partida sentado lendo um exemplar de Ciência e Revolução, de Karl Marx. No intervalo do jogo, entretanto, a torcida palmeirense o cercou e a equipe da arena resolveu retirar o senhor da arquibancada.

O protesto inusitado, bem com a reação agressiva da torcida do Palmeiras, gerou repercussão nas redes sociais. “Sim, isso causou revolta nos torcedores do Palmeiras e o fez ser retirado do estádio”, postou um internauta em um tuíte que já viraliza na noite desta segunda-feira (2).

[...]

O caso repercutiu também no “Globo Esporte”, da Globo. O repórter esportivo Felipe Andreoli ficou indignado: “Desculpa, mas é um retrato da nossa sociedade a intolerância com um senhor de 67 anos, fazendo um protesto educado, silencioso. Por que que esses machões não foram lá brigar com os caras que quebraram o estádio do Palmeiras e jogaram as coisas lá (cadeiras)? Vão prejudicar diretamente o Palmeiras”.

 

 

Leia o texto completo em Revista Fórum