Viomundo

Clique para compartilhar o link do texto original

Da Redação

O macrismo reagiu na reta final, mas não suficientemente para evitar a derrota em primeiro turno.

Com 60% dos votos contados, Alberto Fernández-Cristina Kirchner se elegeram para governar a Argentina com 47,2% dos votos, contra 41,4% da dupla Mauricio Macri-Miguel Ángel Pichetto.

[...]

A informação é do diário neoliberal Clarín.

A participação foi de cerca de 80% do eleitorado, como em 2015.

Leia o texto completo em Viomundo